20 de agosto de 2011

A igreja do caminho




Mas recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas...(Atos 1.8).

A comunidade que nasceu depois da ascensão de Cristo foi uma igreja do caminho. Era uma igreja com suas raízes em Cristo e nas suas promessas, e ao mesmo tempo, uma igreja caminhante. 

Os cristãos daquela época viviam em comunhão, e apesar das perseguições, possuíam grande alegria em seguir nas mesmas trilhas de Jesus. 
Resgatemos algumas marcas daquela igreja para que de fato possamos demonstrar ao mundo o nosso compromisso com Cristo.

A igreja do caminho espera nas promessas de Deus (At 1.4) 

- A urgência missionária tem assumido a forma do despreparo, da auto-confiança. O líder dessa igreja retirante é o Espírito Santo. Nós temos que ter a sua plenitude durante a jornada pelas trilhas do mundo.

A igreja do caminho ora a Deus buscando a sua orientação:
Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos. (At 1.14) 

- Sem uma vida de oração, a igreja se torna um ajuntamento de pessoas interesseiras. Através da oração, a igreja submete-se à vontade de Deus.

A igreja do caminho recebe dons do Espírito Santo:

"E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar;
E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.
E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.
E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.
E em Jerusalém estavam habitando judeus, homens religiosos, de todas as nações que estão debaixo do céu.
E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua.
E todos pasmavam e se maravilhavam, dizendo uns aos outros: Pois quê! não são galileus todos esses homens que estão falando?
Como, pois, os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos?
Partos e medos, elamitas e os que habitam na Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Ásia,
E Frígia e Panfília, Egito e partes da Líbia, junto a Cirene, e forasteiros romanos, tanto judeus como prosélitos,
Cretenses e árabes, todos nós temos ouvido em nossas próprias línguas falar das grandezas de Deus.
E todos se maravilhavam e estavam suspensos, dizendo uns para os outros: Que quer isto dizer?

E outros, zombando, diziam: Estão cheios de mosto". (At 2. 1-13) 

- Deus prepara essa igreja para receber dons espirituais. Uma igreja é verdadeiramente o Corpo de Cristo quando cada pessoa exercita o seu dom espiritual.

A igreja do caminho prega a palavra com ousadia (At 2. 14-36) - Ela aponta para Jesus Cristo como a única esperança. 

A igreja de hoje perdeu esse dinamismo e está acomodada. Vamos resgatar essa ousadia!

A igreja do caminho recebe novas vidas:

"E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?
E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo;
Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar.
E com muitas outras palavras isto testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa.

De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas". (At 2.37-41) 

- Pessoas não são simplesmente números para relatórios. A igreja é composta de pessoas salvas, transformadas pela graça de Deus. 

Tem muita gente dentro da igreja que precisa crer no Salvador Jesus Cristo.

A igreja do caminho valoriza a comunhão:


"E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.
E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.
E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,

Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar". (At 2.42-47) 

Hoje cada um quer viver sua vidinha própria, e não se preocupa mais com seu irmão.
- Quão bom e quão suave é que os irmãos e irmãs vivam em união. 

A tragédia da igreja moderna é a falta de amor entre os cristãos. Amar e respeitar aquele que anda conosco, no caminho, é ser cristão.

Que possamos viver verdadeiramente como igreja na face desta, pois um dia todos nós prestaremos contas ao nosso amado Deus.

0 comentários :

"Amada, o nosso bom testemunho de vida cristã começa dentro do nosso lar".
QUAL O PAPEL DO MARIDO E DA MULHER DENTRO DO LAR?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...