14 de outubro de 2011

Qual é a vontade de Deus para nós?





A maioria dos cristãos alimentam um tipo de busca contínua no intuito de encontrar a resposta para esta pergunta. Muitos até mesmo fazem orações sinceras quanto ao desejo que têm em saber o que Deus realmente quer de suas vidas, no entanto no final quase sempre assemelham-se ao jovem rico que se achegou até Jesus em busca de uma resposta, digamos que aceitável, porém quando Jesus respondeu sua questão, logo afastou-se e seguiu triste pelo seu caminho "próspero"

O que quero dizer com este exemplo é que no fundo todos sabemos o que Deus quer de nossas vidas, sabemos a resposta, entendemos perfeitamente que o que Ele deseja, é que nós venhamos a perder a nossa vida, pois somente assim o Seu Filho pode continuar Sua missão por meio do Espírito Santo em nós. 
"Àquele que encontrar a sua vida perdê-la-á, mas àquele que perder a sua vida por amor a Cristo à encontrará"

Deus quer que encontremos a verdadeira vida, é disso que se trata todo o Seu plano com a criação. Depois de abrirmos o nosso coração para Jesus seu Filho amado, o próximo passo não se trata de um chamado específico, um ministério ou seja o que for, trata-se de um passo decisivo rumo a um tipo de morte a qual devemos perseguir e perseverar nela todos os dias da nossa vida, enquanto estivermos nesta terra. 

O batismo bíblico é onde tudo começa, infelizmente poucos tem consciência disso fazendo deste ato um tipo de iniciação religiosa. Sendo mais direto, Deus não quer nada com pessoas que se iludem acreditando que podem por si mesmas administrar as suas vidas com segurança. É pura tolice insistir neste erro, além do mais a história e principalmente a bíblia está repleta de exemplos os quais Deus cuidou para que fossem registrados para nos ensinar sobre isso. 

O homem que tenta governar a própria vida acaba se matando e matando a outros, ele não aprende a morrer para que outros vivam segundo o exemplo de Jesus. A bíblia é clara, Ele morreu a nossa morte, para quê? Para vivermos a Sua vida

O desejo de Deus é que estejamos vivendo a vida do seu Filho e assim o Filho continua sendo glorificado no Pai e o Pai no Filho por meio de nós, o Seu povo. Esta é a razão de Deus construir uma casa (em nós) para habitar, mas há ainda um outro propósito maravilhoso com a vida do Seu Filho em nós, que é expor Sua luz a este mundo em trevas. 

A glória do Senhor é fluida por meio desta luz e é com ela que Deus deseja iluminar cada cantinho obscuro da vida do ser humano para que sejamos verdadeiramente luz como Ele é luz. 

Tenho percebido que talvez um dos principais resultados da religião manipulada pelos homens é a habilidade que ela tem de impedir que as pessoas busquem maturidade em Deus. É por isso que infelizmente milhares de pessoas ainda se aproximam de Deus com segundas intenções, mesmo quando aparentemente estão buscando saber o que Ele quer de suas vidas. 

O fato é que não há nada tão grande, tão belo, tão maravilhoso e tão necessário que Deus possa nos dar hoje quanto o que Ele já nos deu há dois mil anos, o Seu Filho. 

Precisamos entender isso de uma vez por todas e pararmos de nos apresentarmos  diante de Deus com todas aquelas orações interesseiras que você sabe muito bem que elas tratam unicamente de orgulho e vaidade. 

A razão de Jesus ter deixado a glória que tinha para nos servir não faz de nós senhores, muito pelo contrário, se aquele que verdadeiramente é Senhor dos senhores, se fez servo, o que diremos de nós, seres mergulhados em uma natureza miserável e pecaminosa? É isso que somos e é isso que continuaremos ser enquanto não abrirmos mão desta nossa vida, permitindo que a vida de Jesus assuma o controle de tudo. 

Outra coisa que muitos precisam saber é que Jesus não se sujeitou a morte de cruz para que hoje milhares de pessoas sem quase nada de Sua vida tivessem seus sonhos e projetos vãos com esta vida temporal realizados, Ele veio expor a natureza do seu Pai e abrir um caminho para que outros tivessem a oportunidade de serem feitos filhos e assim pudessem fazer o mesmo. 

De fato, como Ele mesmo disse, o caminho que foi aberto é um caminho estreito, eis a razão de poucos seguirem por ele e de uma minoria estar disposta a morrer carregando a sua própria cruz.

Com o passar do tempo aprendi a identificar pessoas que entenderam a vontade de Deus para suas vidas, posso chamá-los de homens e mulheres de Deus, não porque demonstram algum tipo de dom, não porque se destacaram em algum tipo de ministério pessoal, mas sim por que estão tão desprendidos das coisas desta terra que eu diria que são milionários em Deus porque assim como Paulo, o apóstolo, aprenderam que o morrer é lucro e o viver é Cristo vivendo nelas.


Em algum momento da sua vida cristã você precisa perceber que o berço já está pequeno demais e é chegada a hora de se levantar e começar a andar, do contrário, ainda que encontre uma posição confortável no berço, será para sempre um(a) menino(a) na fé de hora em hora esperando que alguém lhe traga aquela papinha de sempre.


Está na hora de crescer, está na hora de morrer!

1 comentários :

Paz do Senhor Deus o abençoe por essa maravilhosa reflexão, que ele continue a lhe usar poderosamente a ministrar aos corações cansados e oprimidos. Grande abraços,
Pr. Ivan.http://www.privan.com.br/

"Amada, o nosso bom testemunho de vida cristã começa dentro do nosso lar".
QUAL O PAPEL DO MARIDO E DA MULHER DENTRO DO LAR?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...