20 de outubro de 2011

Senhores do próprio amanhã




O amanhã não nos pertence. É isso que temos aprendido e ouvido por tantas vezes, contudo poucos são capazes de viver na integra esta verdade. Digo do ponto de vista de realmente descansar no Senhor, depender dEle, vivendo um dia de cada vez, satisfeitos com o pão diário. Eis aqui uma consciência com quase nenhuma prática dos que a têm. Talvez o nosso maior problema é não nos acharmos satisfeitos com as coisas simples, embora tenhamos um exemplo claro da simplicidade na vida de Jesus. Queremos sempre mais e assim vamos acumulando vaidade sobre vaidade.


Ontem eu estava no meu "
lugar sagrado", onde costumo realmente estar mais sensível ao Senhor. Sim, estava no meu banheiro, tomando o meu costumeiro banho. Só eu sei o quanto aprendo com o Senhor neste curto espaço de tempo em meio a esta prática simples e cotidiana. Enfim, enquanto a água caía sobre a minha cabeça, comecei a pensar na memória de um computador. 

Quem trabalha com computadores durante todo o dia entenderá o que vou dizer. Quando ligamos o computador no inicio do dia temos uma máquina rápida e eficiente, porém com o passar do tempo esta velocidade vai se perdendo de forma que no final do dia a lentidão é real. Isso acontece por que a memória virtual da máquina vai sobrecarregando a medida em que você abre e fecha os programas. No final do dia poderíamos dizer que a máquina está stressada. 

Algumas apresentam até uns sinais de tick-nervoso e começam a travar. Contudo, quando o dia finda, desligamos o computador e na manhã seguinte quando o religamos ali está novamente a nossa máquina veloz. Refletindo sobre isso aprendi algo muito importante com Deus e é isso que quero compartilhar com você agora.


Jesus nos diz: "Portanto, não andeis ansiosos pelo dia de amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal". Em cada dia da nossa vida nós nos deparamos com situações negativas das mais diversas, de nível e grau diferentes. Ora nos entristecemos pela atitude de fulano, ora ficamos irados com algo que não aconteceu de acordo com o esperado, chove quando você queria que houvesse sol, há sol quando você gostaria que estivesse frio, enfim, há todo tipo de situações capazes de serem recebidas como negativas por cada um de nós e muitas vezes no final do dia estamos estressados, desanimados, irritados e até mesmo deprimidos. 

Há casais que num dia se iram um com o outro e depois passam semanas alimentando mágoas no coração quando a bíblia nos diz para não deixarmos o sol  se por sobre a nossa ira, pois trará morte. As vezes relacionamentos de anos são destruídos em um dia e isso está muito errado, não podemos mais alimentar este tipo de atitude.


Este é o nosso grande problema! Estamos acumulando o mal de cada dia de forma que para muitos a sua vida passa a ser insuportável, já não aguentam mais e então caem em profunda depressão. Isso acontece por conseqüência de não correspondermos com o que a palavra de Deus nos diz. O amanhã não nos pertence! Para cada dia há o seu próprio mal! Precisamos aprender a viver um dia de cada vez, confiando plenamente no Senhor em total dependência. Precisamos ser como o computador, ao final do dia, quando nos deitarmos, desligamos e assim devemos esvaziar toda a memória acumulada que de alguma forma poderá ser fonte para preocupações e stress desnecessários.


A cada manhã somos agraciados com um novo dia. Coisas maravilhosas o Senhor escreveu para nós e devemos desfrutá-las, e mesmo os momentos negativos não são de todo ruins, pois carregam ensinamentos profundos se começarmos a encará-los com o foco de Deus que nos diz que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que O amam. 

Se confiarmos, se vivermos um dia de cada vez, se estivermos satisfeitos com as coisas simples  então estaremos seguros nEle. Não haverá o que temer. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer. A cada final de dia devemos nos deitar com a expectativa de que ao amanhecer o Senhor terá preparado novidade de vida para cada um de nós. O amanhã é dEle e Ele ama os que o buscam e confiam em seus cuidados. Por favor pense seriamente sobre isso e comece a colocar a sua vida no lugar em que deve estar. 

Me refiro a toda a sua vida, seu tempo, suas atitudes, seus anseios, suas preocupações e medos. Comece a viver um dia de cada vez. Exercite fazer planos para apenas um dia e você perceberá que no final do dia não haverá frustrações, pois você alcançou suas metas e objetivos, porque não tentou se posicionar como senhor do seu próprio amanhã. 

Seja dependente de Deus.

Texto tirado do blog Igreja simples

http://dascasasparaomundo.blogspot.com/


0 comentários :

"Amada, o nosso bom testemunho de vida cristã começa dentro do nosso lar".
QUAL O PAPEL DO MARIDO E DA MULHER DENTRO DO LAR?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...