16 de abril de 2012

Obediência


"Qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus?"
(1 Pedro 4:17)


Obediência não é uma característica popular hoje em dia. No curso da História, terríveis abusos têm sido cometidos para obtê-la. Forças políticas e ideológicas exigem obediência apenas para manipular as pessoas, que, por fim, reconhecem que foram enganadas. Isso faz com que a rejeição da autoridade se torne justificável.

Obediência também é algo incômodo para muitos. Ninguém gosta de ver sua vontade própria desconsiderada, nem de ser forçado a fazer o que os outros dizem. Portanto, estamos sempre correndo o risco de nos recusarmos a nos submeter às autoridades, caindo na rebelião. Quer seja na família, na vida profissional ou pública, a rebelião à autoridade torna a cooperação impossível. Isso significa que hoje a submissão é conseguida através de muitos argumentos e discussão. Como cristãos sabemos que isso não é bom. Por causa desta cultura mundana a que fomos acostumados desde pequenos, também não aprendemos a ser obedientes a Deus e  sua palavra.


Porém, Deus nos exige obediência absoluta e não abre mão de um milímetro de Sua autoridade.


Não podemos barganhar com Ele. Toda boca irá silenciar diante de Seu trono de julgamento. Entretanto, Ele é um Deus de graça, que não deseja que alguns se percam, senão que todos venham se arrepender ; e, portanto, “anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam” (Atos 17:30). 


Todos os que obedecem à Palavra de Deus revelada no evangelho, crendo no Redentor, Jesus Cristo, receberão herança na glória celestial. Já a porção dos que não obedecem a Deus será o juízo eterno. Esse é o testemunho da Bíblia, a Palavra de Deus.


"Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te leva ao arrependimento?


Mas, segundo a tua dureza e teu coração impenitente, entesouras ira para ti no dia da ira e da manifestação do juízo de Deus;


O qual recompensará cada um segundo as suas obras; a saber:


A vida eterna aos que, com perseverança em fazer bem, procuram glória, honra e incorrupção;


Mas a indignação e a ira aos que são contenciosos, desobedientes à verdade e obedientes à iniqüidade;


Tribulação e angústia sobre toda a alma do homem que faz o mal; primeiramente do judeu e também do grego;


Glória, porém, e honra e paz a qualquer que pratica o bem; primeiramente ao judeu e também ao grego;


Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas". (Romanos 2:4-11)


“Qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus?” 


A resposta é clara: “Os rebeldes habitam em terra seca" (Salmo 68:6), 


"serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes” (Mateus 8:12).


Amados, que possamos ser obedientes ao nosso amado Deus, pois Ele só pede coisas boas para nós, mas o inimigo de nossas almas, só quer que façamos coisas más, para que no final recebamos como salário a morte eterna.


"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor". (Romanos 6:23)

0 comentários :

"Amada, o nosso bom testemunho de vida cristã começa dentro do nosso lar".
QUAL O PAPEL DO MARIDO E DA MULHER DENTRO DO LAR?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...